Vinte Poses Para Fotos Perfeitas

16 Apr 2019 15:26
Tags

Back to list of posts

<h1>Os dez Hot&eacute;is Mais Rom&acirc;nticos Do Brasil Pra Atravessar O Dia Dos Namorados</h1>

<p>Registrar os momentos com v&iacute;deos, atualiza&ccedil;&otilde;es de status e selfies &eacute; inevit&aacute;vel, entretanto desejamos estar ultrapassando os limites. &Eacute; o que pensa o pesquisador Andrew Hoskins, da Universidade de Glasgow, na Esc&oacute;cia. Ele est&aacute; em S&atilde;o Paulo para o F&oacute;rum Eterno de Gest&atilde;o do Entendimento, Comunica&ccedil;&atilde;o e Mem&oacute;ria, onde falar&aacute; sobre isto como as tecnologias digitais est&atilde;o mudando a maneira como os acontecimentos atuais se tornam mem&oacute;ria. Manter-se conectado a todo momento, segundo Hoskins, j&aacute; &eacute; parte integrante da experi&ecirc;ncia de estar em cada recinto e tornou-se uma esp&eacute;cie de compuls&atilde;o. T&Eacute;CNICAS DE AMPLIA&Ccedil;&Atilde;O , como por exemplo, a pol&ecirc;mica levantada pelos autorretratos tirados ao longo do funeral de Eduardo Campos. — A mem&oacute;ria a todo o momento se faz no presente.</p>

<p>Ainda n&atilde;o entendemos a magnitude da maneira como a tecnologia mudar&aacute; nossa mem&oacute;ria no futuro. BBC Brasil: No decorrer do funeral do ex-candidato presidencial Eduardo Campos, pessoas foram criticadas por pegar selfies mesmo pr&oacute;ximo ao caix&atilde;o. Como voc&ecirc; v&ecirc; isto? Podes ser considerado desrespeitoso ou seria uma rea&ccedil;&atilde;o normal ao estar presente em um evento hist&oacute;rico?</p>

<p> Vestidos Para Madrinha De Casamento : Depende do ponto de visibilidade de cada um. A consci&ecirc;ncia do que &eacute; p&uacute;blico se transformou com a tecnologia. E h&aacute; nesta hora o que eu chamo de compuls&atilde;o na conectividade. Ent&atilde;o a pergunta a se fazer &eacute; por que as pessoas est&atilde;o tirando selfies? Por que elas est&atilde;o periodicamente registrando tudo?</p>
<ul>

<li>Quarenta e nove &quot;A Possibilidade de algo Melhor&quot;</li>

<li>7- Squashy Bug</li>

<li>Crie uma mensagem de aus&ecirc;ncia tempor&aacute;ria eficiente</li>

<li>O fantasmo do piloto</li>

</ul>

<p>&Eacute; em quota a ideia do que &eacute; estar em um espa&ccedil;o p&uacute;blico hoje, o que &eacute; compreender uma certa experi&ecirc;ncia ou evento. A tecnologia a toda a hora esteve presente deste sentido, mas pra mim existe um ponto em que chegamos distante demais. &Eacute; quando registrar o evento se torna mais consider&aacute;vel do que olhar o que est&aacute; sendo registrado.</p>

<p>Acho que esse instante estamos vivendo nesta ocasi&atilde;o. BBC Brasil: E a consci&ecirc;ncia que temos dessas regras de modo vai mudar durante o tempo? Andrew Hoskins: Essa moral &eacute; geracional e est&aacute; a toda a hora mudando. S&atilde;o n&iacute;veis diferentes de alfabetiza&ccedil;&atilde;o midi&aacute;tica. O Como Fotografar Com Smartphone algu&eacute;m n&atilde;o &eacute; o mesmo para outra.</p>

<p>Quando eu irei pra um show, eu aspiro acompanhar uma banda, eu irei pra observar a performance. Eu n&atilde;o quero uma pessoa diante de mim balan&ccedil;ando o telefone, a c&acirc;mera ou um iPad. Por&eacute;m eu sou de outra cria&ccedil;&atilde;o, n&atilde;o h&aacute; d&uacute;vida isso ex&oacute;tico. Eles obviamente localizam que n&atilde;o. Eles localizam que isso &eacute; cota rotineira do que significa estar em um evento ao vivo. Essa midiatiza&ccedil;&atilde;o dos eventos &eacute; algo que mudou muito nos &uacute;ltimos 5 anos. Eu tamb&eacute;m vivo tirando fotos e gravando tudo o que acho sensacional, n&atilde;o estou acima disso. Filho De Beethoven Jr., Neto &eacute; O Novo Mascote voc&ecirc; precisa se perguntar: como seria essa experi&ecirc;ncia se voc&ecirc; n&atilde;o a tivesse inscrito?</p>

<p>O que ela significaria pra voc&ecirc; uma semana ou dois meses depois sem aquele registro audiovisual? Qu&atilde;o essencial &eacute; esse registro pela cria&ccedil;&atilde;o da mem&oacute;ria daquele evento? Algumas pessoas construir&atilde;o tuas lembran&ccedil;as sem isto e a todo o momento foi suficiente. BBC Brasil: Em seu livro iMemory voc&ecirc; diz que a compuls&atilde;o pela conectividade podes ser respons&aacute;vel pelo esvaziamento da nossa mem&oacute;ria.</p>

<p>Como esse esvaziamento ocorre? Nos lembramos de menos coisas porque estamos muito ocupados tirando fotografias? Andrew Hoskins: A mem&oacute;ria hoje &eacute; menos uma charada de recordar e mais uma charada de saber para onde enxergar. Diversos psic&oacute;logos dizem que h&aacute; uma redu&ccedil;&atilde;o da mem&oacute;ria humana devido a da nossa crescente confian&ccedil;a pela tecnologia.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License